Estes 8 homens possuem a mesma riqueza que toda a metade mais pobre do mundo

Isso mesmo: são necessários 3,6 bilhões de pessoas para juntar o mesmo patrimônio destes 8 homens

A Oxfam é uma organização não-governamental britânica que regularmente publica relatórios sobre a distribuição da riqueza no mundo. Seu mais recente documento, intitulado “Uma economia humana para os 99%”, será apresentado no Fórum Econômico Mundial, que começa hoje, 16 de janeiro, em Davos, na Suíça, e tem como base o relatório 2016 do Credit Suisse Wealth Report e a lista atualizada de bilionários divulgada pela revista Forbes.

O chocante do relatório da Oxfam é a constatação de que os 8 homens mais ricos do mundo acumulam a mesma riqueza que os 3,6 bilhões de pessoas que compõem a metade mais pobre da humanidade. Diante deste panorama, o documento solicita iniciativas que enfrentem essa desproporção injustificável.

O estudo apresenta dados para mostrar que a diferença entre os ricos e os pobres não apenas continua aumentando a cada ano, como ainda cresce numa velocidade bem maior do que a estimada em estudos anteriores.

Segundo o novo relatório, os 50% mais pobres da população mundial, que vivem abaixo da assim chamada “linha da pobreza”, possuem, juntos, menos de 0,25% da riqueza global líquida (!)

Os dados do Credit Suisse empregados para alicerçar o documento indicam que 1 em cada 10 pessoas no planeta sobrevive com menos de 2 dólares por dia. Para dar uma ideia do que isto significa numa comparação com a vida no Brasil, por exemplo, este valor convertido em reais e multiplicado por 30 dias equivaleria a um salário mensal de 192 reais.

A Oxfam prevê, de quebra, que o primeiro indivíduo trilionário do mundo surgirá dentro de no máximo 25 anos. Um trilionário é uma pessoa que, sozinha, possui um patrimônio igual ou superior a 1 trilhão de dólares. Tal indivíduo, sozinho, teria uma fortuna pessoal tão absurdamente alta que, se quisesse gastá-la por completo, precisaria “torrar” nada menos que 1 milhão de dólares por dia, todos os dias sem falta, durante 2.738 anos.

Não custa lembrar que, atualmente, a grande maioria dos PAÍSES não possui 1 trilhão de dólares como soma de todas as suas riquezas. De mais de 200 países, apenas 15 possuem PIB nominal superior a 1 trilhão de dólares: EUA, China, Japão, Alemanha, Reino Unido, França, Índia, Itália, Brasil, Canadá, Coreia do Sul, Rússia, Austrália, Espanha e México. Cada um de todos os demais países da Terra seria mais pobre que esse único indivíduo trilionário.

O primeiro trilionário do mundo seria alguém mais rico, portanto, que toda a atual economia da Suíça (país com PIB de 664 bilhões de dólares) ou toda a economia da Argentina (PIB de 585 bilhões), por exemplo. Numa comparação ainda mais drástica, ele possuiria o dobro de toda a riqueza atual da Nigéria (PIB de 490 bilhões), embora a Nigéria tenha uma população de 174 milhões de habitantes: trata-se do país mais populoso de toda a África; trata-se do sétimo país mais populoso do mundo; trata-se de um país que, hoje, teria menos da metade da riqueza de um indivíduo trilionário.

Outro dado assombroso destacado pela Oxfam é que a renda média dos 10% mais pobres do mundo aumentou menos de 65 dólares entre 1988 e 2011, ou seja, num longo período de 23 anos. Nesse mesmo período, a renda média dos 10% mais ricos aumentou 11,8 mil dólares, ou 182 vezes mais.

Confira agora quem são os 8 maiores bilionários do mundo, aqueles cuja soma de fortunas é igual ao total de todas as riquezas dos 3,6 bilhões de seres humanos mais pobres da Terra:

1. Bill Gates, EUA. 75 bilhões de dólares.

2. Amancio Ortega, Espanha. 67 bilhões de dólares.

3. Warren Buffett, EUA. 60,8 bilhões de dólares.

4. Carlos Slim Helu, México. 50 bilhões de dólares.

5. Jeff Bezos, EUA. 45,2 bilhões de dólares.

6. Mark Zuckerberg, EUA. 44,6 bilhões de dólares.

7. Larry Ellison, EUA. 43,6 bilhões de dólares.

8. Michael Bloomberg, EUA. 40 bilhões de dólares.

Comentários